Artigos

Dr. Gary Chapman vem investindo no estudo de como potencializar o relacionamento humano

Dr. Gary Chapman vem investindo no estudo de como potencializar o relacionamento humano
Desde a década 1970, o Dr. Gary Chapman vem investindo no estudo de como potencializar a alegria, satisfação e compreensão quando se trata de relacionamento humano. Autor do celebrado best-seller As cinco linguagens do amor, traduzido para 32 idiomas, Chapman acredita que “o amor não depende exclusivamente das emoções. Amor é o que você faz e diz, não apenas o que você sente”.

Originais da Bíblia

Originais da Bíblia
Descubra mais sobre o livro mais lido, traduzido, produzido e pesquisado de todos os tempos.
“No entanto, a voz do céu se espalha pelo mundo inteiro, e as suas palavras alcançam a terra toda”
Salmo 19.4.

Por que existem crianças prodígios no mundo da música?

Por que existem crianças prodígios no mundo da música?

Recentemente, tive o prazer de entrevistar Alma Deutscher. Compositora de sonatas para piano e violino, peças para quarteto de cordas e até uma ópera completa, ela toca violino e piano maravilhosamente. E acaba de completar dez anos de idade.

10 distrações comuns ao momento de louvor, no culto

10 distrações comuns ao momento de louvor, no culto

Música na Igreja – Falta de preparo dos músicos e pouca variedade com relação aos estilos musicais podem prejudicar a comunicação entre o grupo de louvor e a congregação.

Algumas semanas atrás, eu postei o texto “Conclusões sobre distrações comuns em um culto”. Desde então, alguns leitores me questionaram, mais especificamente sobre as nossas conclusões relativas à componente musical de adoração. Assim, o objetivo deste post é para responder a esse pedido.

A Fé, A Lei e a Graça

A Fé, A Lei e a Graça

No princípio era a Palavra e a Palavra estava com Deus e era Deus, Jo 1:1.

A Palavra ou  Verbo representa tudo o que precisamos de conhecer sobre Deus e os Seus desígnios.
A fé em Deus significa a fé na Palavra porque na sua substância é o próprio Deus.

Email a uma dirigente do ministério de louvor

Email a uma dirigente do ministério de louvor

Reflexão – Tirando as dúvidas que muitos ministros de música colocam sobre o seu comportamento durante os momentos de de louvor nos cultos.

Prezada Lenita,

Recebi seu email contendo várias perguntas sobre a “ministração” do louvor. Desculpe não ter respondido antes, foi falta de tempo mesmo.

Você me diz que é uma levita em sua igreja e que ministra o louvor durante os cultos. Sim, de fato é um privilégio poder participar do culto a Deus servindo na parte da condução dos cânticos. Eu teria um pouco de dificuldade em considerar você como levita (apesar de você ter um nome parecido, hehe), pois para mim os levitas faziam muito mais do que conduzir o louvor no templo: eles matavam e esfolavam animais, limpavam o sangue, a gordura, o excremento e os restos dos animais sacrificados e levavam uma parte para queimar fora. Além disto, arrumavam o templo, cuidavam da mobília e utensílios, etc. Se você quiser ser levita como aqueles de Israel, terá de se tornar a zeladora da igreja, rsrsrs!